O Projeto Individual Education Channel - Innovation Transfer (2013/2015), será desenvolvido em parceria com a Stuttgarter Jugendhaus gGmbH (SJ), e com outras 3 entidades provenientes da Áustria, Polónia e República Checa, e a AJEC tem por função gerir e organizar a implementação de um projeto de partilha e transferência de inovação tecnológica no âmbito da informática e robótica, promovendo assim a educação não-formal.

 

A ideia para este projeto partiu da empresa multinacional alemã FESTO, com sede Estugarda, e que decidiu abordar a SJ para ser o respetivo líder e promotor, considerando o seu âmbito e objetivos enquanto organização juvenil. De referir ainda que o Individual Education Channel - Innovation Transfer (2013/2015) insere-se no programa Ações de Juventude, promovido pela União Europeia.

 

Cada um dos 5 parceiros deste projeto tem então a responsabilidade de identificar entidades, ou no seu próprio seio, com estruturas próprias e meios para a respetiva implementação.

 

Para este efeito a AJEC selecionou uma escola secundária pública, designadamente a Escola Secundária Herculano de Carvalho, que acolherá nos seus espaços, e junto dos seus professores e alunos, a implementação do projeto no terreno.

 

Esta iniciativa desenvolver-se-á ao longo de 5 fases, conforme se passa a descrever:

 

 - 1ª fase: Iniciação, que deve contar com a participação de todos os parceiros e que visa, através da realização de um primeiro encontro ou oficina de trabalho, definir conjuntamente os objetivos, critérios de avaliação, meios e resultados a obter;

 

 - 2ª fase: Preparação Local, que deve ter por base a preparação local de cada um dos 5 parceiros, relativamente aos participantes (formadores e formandos), estruturas a utilizar, administração, contextos sócio-educacionais, objetivos locais e projetos próprios a desenvolver. É importante acrescentar que a matriz da formação e das atividades a desenvolver será contextualizada pela empresa FESTO, que tem uma vasta experiência nestas áreas;

 

 - 3ª fase: Partilha de Aprendizagem, através da realização de encontros e oficinas de trabalho internacionais nos vários países participantes, com o propósito de trocar e partilhar as experiências e aprendizagens adquiridas, no desenvolvimento das atividades do projeto, bem como fazer a atualização dos conceitos e instrumentos de trabalho. Nesta fase também serão discutidos obstáculos encontrados e formas de os ultrapassar;

 

 - 4ª fase: Implementação Local, através da continuação e melhoria do trabalho desenvolvido até à data, estando sempre presente a formação e tutoria dos elementos responsáveis, sem esquecer a atualização de informações, documentações e materiais por parte da FESTO;

 

 - 5ª fase: Apresentação Final dos Resultados, com o propósito de reunir todos os envolvidos num último encontro ou oficina de trabalho e apresentar os resultados obtidos com a implementação do projeto.

 

Caberá à AJEC fazer a ligação entre os parceiros europeus e a supracitada escola, de forma a organizar toda a preparação pedagógica e logística inerente a todo o percurso do projeto.

 

À Escola Secundária Herculano de Carvalho caberá a responsabilidade de selecionar e formar os jovens alunos que irão participar no desenvolvimento das diversas atividades e iniciativas, bem como afetar um espaço próprio para tal, que deverá ser devidamente equipado em conjunto com a AJEC, de forma a ir ao encontro das expetativas, necessidades e propósitos do projeto.

 

Através do Individual Education Channel - Innovation Transfer (2013/2015), a AJEC pretende envolver a comunidade onde está inserida numa iniciativa de formação complementar à curricula escolar, e permitir o contacto dos jovens e professores a novas realidades e experiências formativas, numa área tão deficitária em Portugal, e que em síntese são o principal objetivo do projeto.

 

Cada entidade parceira, aquando da organização dos encontros/oficinas de trabalho conjuntas, terá a seu cargo um programa delineado para o evento, que passará pelas mencionadas trocas de experiências do trabalho realizado no âmbito da Informática e da Robótica.

 

As datas para a realização dos encontros internacionais estão ainda por definir, dependendo de uma calendarização prévia.

 

Este projeto tem a duração prevista de 24 meses, entre o biénio de 2013 e 2015, estando os meses de início e fim dependentes da respetiva aprovação pela instância patrocinadora, designadamente a União Europeia.

 

Esta iniciativa culminará em 2015, com a realização do último encontro de jovens, em Estugarda, e com a apresentação e síntese dos resultados obtidos do trabalho realizado pelos grupos de jovens participantes.